www.colegio15.com.br

Participe do nosso fórum.
Bem-vindo: Qua Jan 16, 2019 06:08

Todos os horários são GMT - 3 horas




Criar novo tópico Responder  [ 1 mensagem ] 
Autor Mensagem
MensagemEnviado: Dom Nov 18, 2018 08:11 
Offline

Registrado em: Qua Mar 22, 2017 10:27
Mensagens: 13
Roteiro de estudo: Dinâmica industrial no Brasil

* Ocorreu de forma tardia.
* Ao longo do século XIX a indústria brasileira recebia pouco investimento.
* Os produtos consumidos no Brasil eram trazidos da Europa.
* O café era o principal produto brasileiro.
* Com a crise de 1929 os cafeicultores começaram a investir no setor industrial.
* A indústria ganha impulso no governo de Vargas (1930 – 1945).
* A indústria de base recebeu investimentos.
* A proibição do tráfico negreiro e a chegada de imigrantes, propicia ao setor industrial brasileiro um maior crescimento.
* Desde então a indústria brasileira vem apresentando forte crescimento e tornou-se fundamental para a economia brasileira.
* São Paulo foi o berço da industrialização brasileira e já possuía uma infraestrutura adequada para o processo industrial herdada do período do café.
* Assim São Paulo passa a desempenhar papel importante e um “novo” Brasil surge: de apenas agroexportador também passa a ser industrial.
* O governo investiu na criação de indústrias pesadas: Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) inaugurada em 1942, Volta Redonda – RJ.
* Outras importantes indústrias estatais que surgiram no governo de Vargas foram a Companhia do Vale do Rio Doce (mineradora) e a Petrobrás.
* No governo de JK (1956 -1960) século XX multinacionais chegaram ao Brasil.
* JK investiu em transportes, energia e indústria de base. Dinamizou o parque industrial brasileiro e abriu o mercado interno para investimentos internacionais.
* A indústria brasileira se consolida.
* Muitos nordestinos começam a migrar para o Sudeste.
* 1964 o governo da época adquiriu empréstimos para investir no setor energético (Usina de Itaipu e Angra dos Reis; transportes).
* Esses financiamentos comprometeram a economia brasileira que refletiu por alguns anos após o período militar.
* O Brasil entrou em crise: houve desvalorização da moeda, falência de indústrias, desemprego, juros, etc.
* Essa época ficou conhecida como “década perdida”.
* Década de 1990 algumas privatizações ocorreram (telecomunicação, energia, mineração).
* O Brasil passa mais uma vez a receber investimentos internacionais.
* A mecanização causa desemprego.
* O Nordeste passa a receber investimentos (com a medida de reduzir os impostos).
* No Nordeste os estados de PE, CE, BA e RN receberam várias indústrias.
* No Sudeste o ABC Paulista ou ABCD: Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Diadema obtiveram uma forte presença de indústrias.
* O tecnopolo do Vale do Paraíba – Campinas, e São José dos Campos também tem destaque.
* Há fortes disparidades entre as regiões brasileiras.
* Nas regiões mais desenvolvidas do Brasil: Sudeste, Sul e Nordeste respectivamente percebe-se que a concentração industrial está nas áreas litorâneas.
* Já nas regiões Norte e Centro-Oeste há uma forte deficiência em relação a concentração industrial.
* Na Região Norte mesmo com a ZFM apresentando grande importância para o país não é o suficiente para tornar essa porção do país totalmente industrializada.
* A saturação da infraestrutura e os movimentos sindicais do ABC Paulista e outras áreas da Região Sudeste têm provocado a “fuga das indústrias”.
* Essa “fuga” se intensificou a partir da década de 1970.
* Na tentativa de reestruturar a economia o governo brasileiro da época investiu em políticas de incentivo fiscal e instalação de infraestrutura.
* O polo Industrial de Manaus foi um exemplo disso
* De modo geral, as indústrias buscam vantagens, porém em alguns locais o custo elevado, fez com que essas indústrias se deslocassem para cidades de médio e pequeno porte, “fugindo” dos grandes centros urbanos.
* O Nordeste tem sido o destino de muitas indústrias

Região Sul

* Três parques industriais situam-se no Sul do país:
• na região metropolitana de Porto Alegre: indústrias têxtil, alimentícia, máquinas e equipamentos agrícolas, além das automobilísticas.
• Cidade Industrial de Curitiba: refinaria da Petrobrás e automobilística
• Nordeste de Santa Catarina: eletrodomésticos, material de construção, têxtil, movelaria, cerâmica.

* Vários fatores contribuíram para o Sul ser desenvolvido:
1. Usina de Itaipu (1980)
2. Disponibilidade de recursos minerais: carvão
3. A consolidação do Mercosul: proximidade geográfica

Região Nordeste

• Salvador, foi favorecida pela produção de petróleo e instalação de um importante polo petroquímico.
• Fortaleza, indústrias tradicionais.
• Recife, parque industrial diversificado.

* Essa três capitais nordestinas (e seu entorno) são as três maiores cidades da Região Nordeste.
* A descentralização industrial propiciou recentemente ao Nordeste uma maior ocupação.

Centro-Oeste

* É a que apresenta menor grau d3 industrialização.
* A produção está voltada para a agropecuária e a produção industrial é incipiente.
* Destaca-se na produção de máquinas agrícolas, alimentícias e em menor escala química e de biocombustíveis.
* Os maiores polos estão em Cuiabá, Campo Grande e Goiânia, além do Distrito Federal.

Região Norte

* Com a ZFM foi dado um grande impulso à industrialização na Região
* Destaca-se a produção de eletroeletrônicos, de motocicletas e bens diversos voltados aos transportes.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 1 mensagem ] 

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
cron
Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB